Taubaté amplia rede de atendimento da dengue

A partir da próxima semana, Taubaté terá mais uma unidade de referência para atendimentos de casos suspeitos e leves dos vírus da dengue, chikunguya e zika, assim como o Pronto-Socorro Central.

A iniciativa da Prefeitura de Taubaté tem como objetivo ampliar a rede de atendimentos direcionados ao atendimento de arboviroses, principalmente da dengue.

Além dessa medida, outras ações vêm sendo estudadas e negociadas, como a abertura de leitos do HMUT (Hospital Municipal Universitário de Taubaté) e a contratação de mais médicos, entre outros profissionais, para reduzir o tempo de espera para atendimentos no Pronto-Socorro Central e nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

No mês passado, a organização social responsável pela administração do Pronto-Socorro Central aumentou o número de médicos que compõem o quadro de profissionais da unidade.

SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

No dia 20 de fevereiro, a Prefeitura de Taubaté declarou situação de emergência e alerta epidemiológico, em razão do número elevado de notificações dos serviços de saúde, públicos e privados, para quadros clínicos de dengues informados à Vigilância Epidemiológica Municipal.

Desde então, a Secretaria de Saúde vem adotando medidas, associadas ao trabalho já desenvolvido ao longo de todo o ano, pelo CAS (Controle de Animais Sinantrópicos) para conter a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Acompanhe mais notícias de Taubaté (SP) em nosso Instagram: @cidadaotaubateano.